Olá, me chamo Thaís Bonotto de Freitas, sou nutricionista formada pelo Centro Universitário Metodista – IPA em Porto Alegre e também portadora de Esclerose Múltipla (EM).
Minha história começa em 1983, nasci como qualquer outra criança, parto normal, peso e comprimento adequados, APGAR alto, perfeitamente desenvolvida e saudável. Minha infância não foi diferente, sempre fui muito agitada, corria o tempo todo, praticava esportes e desde cedo os meus pais sempre tiveram o maior cuidado com a nossa alimentação em casa, muitas frutas e vegetais, sucos, orgânicos, grãos, sementes, tudo nos conformes da boa nutrição. Com a chegada da adolescência, quando todos imaginavam que eu iria acalmar, o meu comportamento continuava diferente das outras meninas, pois eu permanecia um verdadeiro moleque. Enquanto a maioria das gurias ficavam sentadas nas festinhas conversando, no máximo dançando, eu corria durante a festa inteira nas brincadeiras de pega-pega ou esconde-esconde.
Ufa! Cansei, só de lembrar. Que venha a idade adulta! Com a maioridade chegaram os compromissos, a vida corrida da capital, a dupla rotina de trabalho e estudos, mas mesmo assim sempre conseguia encaixar a prática de alguma atividade física nessa loucura toda, a corrida permanecia ali, latente, em algum cantinho e foi justamente com ela que mais identifiquei, correndo eu me desligava de tudo, era só eu comigo mesma.
Veio a formatura, porém os estudos não findaram, logo iniciei a pós-graduação (Saúde da Família) e tive a oportunidade de trabalhar na Amazônia na área de Saúde Indígena, uma experiência riquíssima que nunca vou esquecer. Lá me apaixonei perdidamente, encontrei meu único amor, ou melhor, o amor da minha vida, nunca havia me sentido tão realizada e feliz. Para completar tanta felicidade, nesta mesma época nascia em Porto Alegre meu outro grande amor, meu sobrinho amado João Gabriel, minha vida estava perfeita, era muita felicidade.
Voltamos ao Rio Grande do Sul, pós-graduada, iniciava a rotina de estudos almejando algum concurso público. O grande dia chegou! Consegui! Fui aprovada para o cargo de nutricionista no Instituto Federal Farroupilha/RS. Quando parecia que tudo estava encaminhado, daqueles momentos em que temos a impressão que já passamos por todas turbulências da vida, porém estava por vir a maior de todas elas: o diagnóstico de Esclerose Múltipla, feito a partir de um surto (tontura, quedas, paralisia dos membros, visão dupla e muito embaçada, dificuldade de deglutição, incontinência urinária e fecal), foi uma manifestação agressiva e assustadora. Confesso que não foi nada fácil, muitas vezes pensei em desistir, não queria fazer o tratamento, internação nem pensar, logo eu tão acostumada com hospital não podia nem ouvir falar essa palavra. Foi um período extremamente difícil, fiquei muito revoltada, sempre me questionava por que eu? Cheguei ao fundo do poço, mas graças a Deus, Ele colocou mais um anjo no meu caminho, a médica psiquiatra que me acolheu e reergueu, naquele momento entendi a importância deste profissional no tratamento da doença. Entendi que ficar remoendo toda aquela raiva e revolta não iriam me ajudar na recuperação das sequelas, muito menos a dar a volta por cima. Decidi erguer a cabeça e lutar, nunca fugi de nenhuma batalha, não seria essa que me derrubaria. Atualmente faço as mais diversas terapias, acredito na estabilização da doença e na recuperação motora, e o meu foco é voltar a correr. Sei que um dia vou conseguir.
Este texto resume, por alto, a minha história, de uma mulher, gaúcha, nutricionista, filha, irmã, namorada, tia do João, neta, sobrinha, prima, amiga e colega, como tantas outras pessoas, na maioria mulheres, acometidas pela Esclerose Múltipla e que acreditam na remissão da doença.
A partir de agora, estarei aqui como colaboradora do blog Esclerose Múltipla Virtual, postarei quinzenalmente orientações e dicas nutricionais voltadas à EM. Os temas abordados serão os mais variados (vitaminas, atualizações, pesquisas, alimentação, receitas, etc.), direcionados aos pacientes, cuidadores, familiares e também aos profissionais da saúde.
Espero que possa ajudar, através da nutrição, a melhorar a qualidade de vida de todos. Muito obrigada pela atenção!

IMG-20150911-WA0048
Thaís Bonotto
Nutricionista

Quem é a Nutri Esclerosada?

8 comentários sobre “Quem é a Nutri Esclerosada?

    • 15 de setembro de 2015 em 19:17
      Permalink

      Muito obrigada pelo carinho querida! Também estou muito ansiosa, tomara atender às expectativas. Grande beijo!

      Responder
  • 16 de setembro de 2015 em 06:25
    Permalink

    Adorei seu post!!! Mais uma Nutri Esclerosada como eu!! 😀

    Responder
    • 16 de setembro de 2015 em 11:41
      Permalink

      Muito obrigada Thaiany! Que bom que gostou! Tu sabes que eu conheço umas quantas “Nutri Esclerodas”? Hehehehehe! Beijão!!!

      Responder
  • 16 de setembro de 2015 em 07:49
    Permalink

    Parabéns pela aceitação e agora ainda compartilhar seu conhecimento conosco.
    Muito bacana.

    Responder
    • 16 de setembro de 2015 em 11:27
      Permalink

      Muito obrigada Fabi! Acho que a aceitação contribui para a eficácia do tratamento. Continue acompanhando nossos post’s, estamos planejando muita coisa legal. Beijão!

      Responder
  • 16 de setembro de 2015 em 23:41
    Permalink

    Que legal Thais ! Você acrescentará muito aos pacientes que seguem o Blog. Para nós colegas nutris também é muito bom ter uma referência no assunto .Vou compartilhar sempre!

    Responder

Comente e ficaremos felizes