Gente mais alguém está morrendo de calor nesses últimos dias?

Eu nunca fui muito fã do sol, está aí o motivo pela falta da vitamina D hehe. Sou muito branquela, sofro demais no sol.
E posso dizer, sem dúvidas, que o calor é inimigo número 1 da minha fadiga.
Recebo muitas perguntas sobre a bendita da fadiga. Ela é para mim um dos piores sintomas. Acho que só não fiz promessa pra ajudar a melhorar, de resto já tentei de tudo. Nenhum remédio me ajudou de verdade. Mas algumas mudanças na minha rotina me ajudaram a aliviar ela, me dando uma qualidade de vida melhor. Vou deixar como dica aqui. Espero que também ajude vocês:

fadiga esclerose multipla

É isso! Bebo bastante água, tento comer o mais certinho possível. Descobri que a coca-cola rouba todos os nutrientes do meu corpo. Isso foi quase me acertarem com uma faca, pois eu amo a danada da coca-cola. Como entendi que ela me deixa mais cansada por roubar meus nutrientes tento evitar. Caminhar 10 minutos por dia já me ajuda a exercitar as pernas e ficar mais disposta, nos dias muito quentes eu caminho a noite. Percebo que quando me sinto mais cansada é quando a vitamina D está mais baixa, controlo junto com médico através de exames de sangue, se a vitamina D fica baixa, tomo doses controladas de 10.000, deixo de tomar assim que a quantidade fica ok no sangue. E dormir né gente?rs Amo dormir e dormir bem além de me deixar feliz ajuda a me deixar mais disposta também. Sou corujinha, então percebo que se fico acordada de madruga e durmo durante o dia é como se eu nem tivesse dormido, a melhor coisa é dormir bem a noite toda!

Beijo pra vocês! Até o próximo post!

Marina

Administrando a fadiga!

6 comentários sobre “Administrando a fadiga!

  • 15 de outubro de 2015 em 22:23
    Permalink

    Fadiga para uma pessoa sem a E.M que é o meu caso já me deixa derrubada, imagino que para vocês isso deve ser 10 vezes pior, porque ninguém merece esse calorão todo.
    E sobre a água, ela realmente faz diferença para mim nos dias de sol intenso.
    Beijos

    Responder
    • 3 de novembro de 2015 em 17:44
      Permalink

      hahhha você é aquele tipo de amiga que literalmente vive na pele a minha dificuldade!rsrs Te amo! Tatu.

      Responder
  • 16 de outubro de 2015 em 15:30
    Permalink

    Oi, Marina, tudo bem?

    Bem, eu já fazia todas estas coisas (exceto caminhar… a preguiça é marvada! kkkkkkkk). Mas sobre a água, tomo gelada ou um pouco mais fria que a temperatura ambiente (mesmo com a rinite atacando!) pois age mais rápido quando a fadiga bate por conta do calor. Comer, não tem jeito, tem que ser mesmo de 3 em 3 horas. O organismo pede, se se atrasa. Mas quanto a vitamina D, essa parte eu preciso começar a olhar com séria atenção. Ainda não tomo, mas já vou marcar consulta para iniciar.

    Valeu pelos lembretes! E, aposto, poucas pessoas tem estes hábitos. Que, se parar para pensar, qualquer um deveria t⁻los também. Beber bastante água, não ficar sem comer por longos períodos, caminhar e dormir bem deveriam ser regra para todos, para uma vida realmente saudável.

    Mas é vivendo e aprendendo…

    Um abração pra ti!

    Responder
    • 3 de novembro de 2015 em 17:43
      Permalink

      Olá Cris! Não é? Precisamos mesmo. Parece difícil, mas quando cai na rotina fica até gostoso! Amei te ver por aqui! Super beijo

      Responder
  • 20 de outubro de 2015 em 03:19
    Permalink

    Posso afirmar que obtive melhoras de 98% no quesito fadiga, desde que iniciei o protocolo de tratamento com altas doses de vitamina D. Hoje, posso ir passear no shopping com o marido e chegar em casa, com energia pra brincar com o filho! Voltei a vida!

    Responder

Comente e ficaremos felizes