Hoje eu vou abrir meu coração mais uma vez gente! Quando eu soube da Em não quis ler nada sobre ela, saber nada sobre ela e muito menos conhecer qualquer pessoa que tivesse ou soubesse dela. Na época parecia a coisa certa a fazer, pensava que se descobrisse qualquer sintoma diferente dos que eu já tinha, teria eles só pelo meu psicológico. Eu sou dessas, gente!rs Horrível isso, mas eu sou.

Passei dois anos assim, com medo de ver alguém pior do que eu e imaginar que eu fiaria assim também!

Mas descobri com o tempo que a EM é bem exclusiva para cada paciente, possui muitos sintomas e nem sempre o que acontece com um acontece com o outro. E quando me abri para conhecer outros pacientes ou até mesmo familiares descobri o encanto de ser compreendida, na pele e foi incrível. Hoje compartilho a EM com o Brasil todo, pessoas como eu, espalhadas pelo país. Cada uma com o seu histórico. Não me sinto mais sozinha, vale muito a pena dividir essa luta!

Aqui sempre tem colo e ouvidos gente!

Beijo com muito carinho,

Marina

 

A importância do contato com outros pacientes!!

Comente e ficaremos felizes